Institucional

“Por amor de Sião não me calarei e por amor de Jerusalém não me aquietarei; até que saia a sua justiça como um resplendor, a sua salvação como uma tocha acesa”. Isaías 62:1

Amados irmãos e amigos,

Neste texto, quero compartilhar com vocês uma das experiências mais maravilhosas que já tive em toda a minha vida: conhecer Israel.

Não vejo outra maneira de fazer isto a não ser reproduzindo a oração que fiz quando cheguei à Terra Santa.

“Deus, o Senhor é mesmo fiel. Realizou mais um sonho em minha vida. Estou em Israel, a terra onde o Amado da Minha alma nasceu, cresceu, estudou, brincou e teve suas dúvidas de adolescente.

Onde Seu corpo santo se transformou em um corpo de homem e Ele cumpriu, como só Ele poderia fazer, o Seu papel de Salvador da Humanidade.

Aqui, Ele realizou grandes milagres, fez grandes amizades e grandes inimigos. Se levantaram contra Ele, mas Ele venceu tudo e todos, inclusive o invencível: a morte e morte de cruz.

Aqui é a terra que o Senhor  separou para Si e onde mora o povo que escolheu como Seu. Para mim, é uma grande honra poder estar pisando no mesmo chão que o Senhor pisou. Estar no mesmo lugar onde esteve e onde toda virtude que saía de Ti se espalhou e impregnou o ar, a terra e as águas.

Eu sei que não sou digna de estar aqui, mas pela sua misericórdia estou realmente em Israel. É maravilhoso. Principalmente porque, humanamente falando, não tinha condições financeiras para isso.

Mas como Deus, é a Sua Palavra, e Ela não mente nunca. Entreguei os meus caminhos ao Senhor e Ele satisfez o desejo do meu coração.

A Ele, toda honra, toda glória e louvor, para sempre! Amém.

Esse também é o objetivo de nosso site: levar até você um pouquinho de tudo que vivemos e sentimos quando visitamos a Terra Prometida.

Também desejo, de todo o meu coração, que você entenda os propósitos de Deus para o povo Judeu, para a Nação de Israel e que conheça a verdade sobre o Estado que foi conquistado com muitas lágrimas, oração e luta.

Levar o mundo a conhecer a verdade sobre Israel: essa é a razão pela qual, apesar de todos os afazeres e trabalhos que desenvolvo, assumi o compromisso de levar pessoas para vivenciarem a experiência de pisar naquelas ruas pavimentadas pelos milagres de Jesus.

Quero ainda compartilhar com você o amor que sinto pelo Egito.

Muitos me perguntam: porque você visita o Egito?

Tenho inúmeras razões, mas sou citar apenas algumas.

A primeira é porque amo aquele povo que, apesar da dureza de seu dia a dia, das dificuldades que o país enfrenta, é um povo amável, hospitaleiro, gentil, alegre e receptivo.

A segunda é por causa de seu rico legado cultural. Sua antiga civilização foi responsável pela construção de alguns dos monumentos mais famosos da humanidade, como as pirâmides de Gizé e a Grande Esfinge. A cultura egípcia tem seis mil anos de história registrada. O Antigo Egito esteve entre as primeiras civilizações complexas a surgirem no planeta e por milênios manteve uma cultura impressionante intrincada e estável que influenciou as culturas posteriores da EuropaOriente Médio e outros países africanos. São milhares de ano de cultura e história preservados e que podem ser vistos e assimilados até hoje.

A terceira é porque foi ali que o povo de Deus viveu por tantos anos e onde o Senhor realizou grandes milagres e maravilhas. Daqui, o povo escolhido partiu para uma jornada onde conheceria o poder, a bondade e a provisão do Eterno. Foi nesse país que o povo de Deus aprendeu a obedecer sem contestar, a esperar sem desanimar, a confiar na providência do Pai, mesmo nos dias de adversidade e a seguir em frente, mesmo quando tudo ao redor indicava o contrário.

Foi o Egito que acolheu o Senhor Jesus quando Ele fugia da morte imposta por Herodes às crianças em Israel. No Egito o Senhor deu seus primeiros passos, aprendeu a falar, a andar e ficou abrigado e protegido até poder voltar ao Seu país para cumprir Sua missão.

Enfim, como missionários que amamos as almas, temos a incumbência de amar nossos irmãos egípcios, assim como temos que amar nossos irmãos judeus e, obedecendo ao Ide de Jesus, temos que amar nosso próximo até os confins da Terra, comprometidos em levar o amor de Deus a todos aqueles que o quiserem receber.

Que essa verdade e esse amor que sinto por essas duas nações possam alcançar o coração de cada um de vocês.

 

Em Cristo,

Méltsia Mendonça